[CantoEduca Online] Roda de Conversa gratuita “Caminhos para o desenvolvimento na arte”, em 02 de fevereiro de 2021

2 fevereiro 2021 artes | cidadania | comportamento | educação

Olá! Seja bem-vinda e bem-vindo. Pois bem, vamos começar o CantoEduca 2021? Viva! Tem muita coisa legal para acontecer, este ano. Seguimos com a vontade de compartilhar bons encontros, por meio de eventos de sensibilização, informação e educação. No dia 02 de fevereiro de 2021, terça, das 19h às 21h, teremos uma roda de conversa online e GRATUITA sobre os caminhos para o desenvolvimento na arte, com três convidadas(os). Saiba tudo, a seguir, e venha!

O que é o CantoEduca?

É um programa socioeducativo do Canto Cidadão, que oferece eventos de preparação continuada, sobre seis eixos temáticos, especialmente: artes cênicas, palhaçaria, música, expressão corporal, narração de histórias e comportamento humano. Acontece pela oferta de palestras, oficinas e outros eventos, gratuitamente, à comunidade, assim como caminho de desenvolvimento para os integrantes dos elencos voluntários da organização. Confira mais sobre o CantoEduca, clicando aqui.

Evento: “Caminhos para o desenvolvimento na arte”, roda de conversa com Drika Nunes, Rhena de Faria e Wilson de Moraes no dia 02 de fevereiro de 2021 (ter.), das 19h às 21h

Para começar a temporada 2021 do CantoEduca, teremos um um papo sobre expressões artísticas e o processo de desenvolvimento na Arte, com três profissionais que atuarão de forma muito intensa, nas atividades do Canto Cidadão, ao longo dos próximos meses.

Na roda de conversa, vamos trazer elementos importantes para o caminho de desenvolvimento nessas manifestações artísticas que se conectam de tantas formas, com tantas outras formas de se fazer Arte: improviso, narração de histórias e música. Por meio de um papo descontraído, as(os) convidadas(os) contarão um pouco de suas trajetórias e trarão dicas para o aprimoramento das técnicas, em questão.

Além de participar de eventos abertos, como palestras e minioficinas, também darão suporte e auxiliarão no desenvolvimento dos elencos voluntários dos programas socioculturais da organização, trazendo temas como improviso, música e narração de histórias.

Minicurrículo das(os) convidadas(os)

Drika Nunes é comunicóloga, atriz, contadora de histórias e mediadora de leitura. Atua nas artes narrativas desde 2010 e possui várias formações nacionais e internacionais. Também formada e capacitada pelo método Ivaldo Bertazzo – reeducação do movimento. Aprovada pelo edital da Prefeitura de São Paulo – Secretária Municipal de Cultura em 2018/2019 com as oficinas: “Entrelinhas e Palavras, Metáforas do Contar!” e “Vozes do Tempo, um Tempo de Redescobertas!”. É professora de Literatura Viva, mediação e narração de histórias no projeto Metamorfoses na ONG Casulo e na Associação Crescer Sempre Educação em Parceria da Cia. Porto Seguro de Seguros. Diretora e criadora da Cia. Hespérides ao lado de Vanessa Meriqui, narra histórias e promove leitura e literatura infanto-juvenil para diversos públicos em: teatros, bibliotecas, centros culturais, escolas, festivais, feiras literárias, livrarias e outros.

Rhena de Faria é atriz-improvisadora, palhaça e diretora teatral. Integrou por treze anos o elenco do espetáculo “Jogando no Quintal”, grande sucesso de público em São Paulo. É professora de Improvisação Teatral, tendo ministrado cursos na Casa11, na Casa do Humor, no Espaço da Comédia e na SP Escola de Teatro, em São Paulo. Em 2018 Foi a treinadora da Cia Barbixas de Humor para o espetáculo “Improvável”. Já recebeu importantes prêmios, tais como PRÊMIO SÃO PAULO DE INCENTIVO AO TEATRO INFANTIL E JOVEM DE MELHOR DIREÇÃO DE 2018 por “Mary e os Monstros Marinhos”, PRÊMIO RISADARIA 2019 de MELHOR ESPETÁCULO DE HUMOR, por “Bagagem”, do qual é dramaturga e diretora, APCA (2018) de MELHOR ESPETÁCULO INFANTIL COM TEXTO ORIGINAL por “Mary e os Monstros Marinhos” e Prêmio FEMSA de MELHOR ATRIZ DE 2013 por “A Rainha Procura…”, infanto-juvenil da Cia do Quintal com direção de Cesar Gouvêa.

Wilson de Moraes é ator, com habilitação pelo Instituto Emilio Fontana. Tem curso de dublagem nos estúdios BKS. Radialista pela Rádioficina. É músico instrumentista (piano, violão e canto). Realizou diversos workshops e oficinas: Dança-teatro-improviso com Cristiane Paoli Quito; Interpretação com Beto Silveira; Encenação teatral, com Marcos Bulhões; Dança contemporânea com várias companhias no CEU Cidade Dutra; A voz da célula, na BMC; O ator sem caráter, com Julio Adrião no Sesc Pinheiros; A máscara em cena, Fabio Caniatto. Participou do projeto “Devorando Hamlet”, com coordenação de Marcos Bulhões. Atua, desde 2011, na ONG Canto Cidadão, como regente do CantoRia, programa que leva corais itinerantes e interativos a hospitais. . Na mesma organização, atua na produção do programa sociocultural “Arte em todo Canto – Hospitais”, que leva teatro a hospitais, desde 2008.

Informações gerais

  • Dia e horário: 02 de fevereiro, terça, das 19 às 21h;
  • Plataforma: Zoom;
  • Evento GRATUITO;
  • Número máximo de participantes simultâneos: 100.

Orientações para participação:

  • ID da reunião: 871 2100 9073
  • Senha: CE02FEV
  • Como acessar a plataforma Zoom: o Zoom é uma plataforma de chamadas virtuais simultâneas e para seu uso é necessário fazer o download do aplicativo, tanto no Celular, quanto no Computador.
  • 📱Se você for acessar via CELULAR, é necessário baixar o aplicativo pela lojinha do seu aparelho. Depois, crie uma conta gratuita de acesso (Login) e, no dia e horário do evento, clique no botão abaixo, ou entre usando o ID e senha do evento (acima).
  • 🖥️ Se você for acessar via COMPUTADOR, também é necessário baixar o aplicativo, disponível no site do Zoom. Depois, crie uma conta gratuita de acesso (Login) e, no dia e horário do evento, clique no botão abaixo, ou entre usando o ID e senha do evento (acima).